Deus Está no Controle de Todas as Coisas

“Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. Quer, pois, vivamos ou morramos, somos do Senhor.” – Romanos 14:8

Em momentos de lutas, de dificuldades, de crises, momentos que precisamos de respostas e soluções e elas não aparecem, uma das coisas mais difíceis é de crermos que Deus está no controle de todas as coisas. É justamente aí que passamos a considerar que estamos sozinhos e que Deus não se importa conosco, pois se Ele realmente nos amasse não estaria permitindo acontecer todas essas coisas.

Como somos pessoas que normalmente olhamos somente o momento, a circunstância, o problema, não cabe em nossa mentalidade que tudo isso está dentro de um propósito de Deus para nossas vidas e que Ele está no controle de todas as coisas.

Nesse aspecto uma vida que nos impressiona é a vida de José. José foi um moço rejeitado pelos seus irmãos, vendido como escravo para o Egito posteriormente, foi parar na cadeia injustamente. Os momentos que atravessou jamais poderíamos pensar que tudo isso fazia parte do plano de Deus para sua vida.

Por providência divina acaba se tornando primeiro ministro no Egito para administrar os negócios de Faraó, nos tempos de abundância e nos tempos de escassez que se estabeleceriam.

Gênesis 45:4 a 9 - Nesta passagem vamos ver José fazendo referência a Deus como o Agente que ordena os acontecimentos verificados na existência de José.

Versículos 5 e 7 , 8 e 9: “...Deus me enviou adiante de vós.” – “...Deus que me pôs.” , ou seja, José tinha plena consciência, depois de ter passado por tudo, que nada tinha sido em vão, mas atendia plenamente a um propósito de Deus não somente para ele, mas para a conservação das gerações.

Nos deparamos com o tema central do relato – todos os acontecimentos são conduzidos pela graciosa mão de Deus que pode fazer com que provenham boas coisas dos males que afligem os homens.

Em nossa caminhada de fé não é diferente. Muitas vezes Deus permitirá passarmos por muitas coisas desagradáveis, para nos ensinar, crescer e amadurecer para que possamos atender o Seu propósito em nossas vidas.

Tiago 1:2, 12; I Pedro 1:6; 4:12 e 13 – Estes textos estão nos falando de sermos felizes, alegres, exultantes ao passarmos por vários sofrimentos e provações. Tal atitude é completamente incompreensível, pois humanamente falando ninguém tem prazer em passar por tudo isso. A quem se dirige então esses textos? Se dirige a pessoas que tem consciência de que sua vida está nas mãos de Deus, e que nada, absolutamente nada está fora do Seu controle.

O apóstolo Paulo foi um homem que entendeu perfeitamente tudo isso quando escreveu o texto mencionado nesta palavra – Romanos 14:8.

Facebook

Site Login